Receita de Viver Bem

Image

 

A vida é uma receita de atitudes diárias construídas com ingredientes que melhor se adaptam ao nosso paladar e a nossa saúde mental.

Alguns são loucos por doces como; chocolates, tortas, sorvetes etc. Outros adoram salgados como; coxinhas, tortas, pasteis etc. Porém essas alimentações em doses exageradas podem comprometer a nossa saúde física e mental.

É necessário certo cuidado com o que levamos para a nossa boca para que não haja os desencontros na nossa saúde física e mental, às vezes vistos em nosso corpo, como uma obesidade ou ansiedade, seja na forma do paladar, como na ânsia de viver a vida do próximo.

Viver no doce, podemos mergulhar no diabete, porém necessário uma pequena dosagem para equilíbrio das nossas alegrias e tristezas, tem situações que surgem com um propósito de tirar o nosso mel…. O mel da alegria que nos fortalece diante das tristezas, mas como possuímos uma garrafinha de mel, quase impossível à mistura de tristeza e alegria.

Já viver no sal, podemos mergulhar na solidão, até que necessitamos colocar um pouquinho de sal em algumas circunstâncias que possam comprometer a nossa vida, como por exemplos:

  1. Aquelas amizades construídas com a base do que você tem para ofertar e não pelo o que você realmente é;
  2. Aquele casamento ou namoro em que o seu eu fica em terceiro lugar;

São momentos tensos que muitas vezes o sal não consegue salgar na primeira tentativa, mas importante à persistência para não vivermos com a cara de sal, ou melhor, a cara da amargura.

Então, preparei uma receita bem humorada para sair da cara de amargura:

  1. Bastante amor para suportar as quedas da vida.
  2. Um pouco de lágrimas para purificar a alma.
  3. Bastante oração para suportar os momentos de dificuldades.
  4. Um pouco de amigos para não viver na solidão porque o que importante não é quantidade e sim qualidade.
  5. Um pouco de silêncio para refletir onde você está falhando ou acertando.
  6. Bastante respeito com o vizinho para sua casa não cair.
  7. Bastante humildade para não invadir o espaço do seu colega.
  8. Bastante perdão porque o seu amigo não é saco de pancadas. E tentar não cometer os mesmos erros porque perdão não é brinquedo, para sempre que errar e lá buscar a palavrinha mágica.
  9. Bastante desculpa porque não entorta a boca e seu vizinho não é propriedade sua, pelo o contrário é um ser humano que precisa de cuidados e respeitos. Alias há seres humanos que valem uma joia de maior valor.
  10. Bastante com licença porque o seu coleguinha não é estrada que você passa todos os dias.
  11. Bastante companheirismo porque você não é animal, aliás, se fosse viveria no mundo dos animais e não dos humanos.
  12. Bastante reconhecimento profissional com os humanos. E, não com cargos  e papéis porque eles não se falam entre si ou falam?
  13. Bastante respeito com funções inferiores as suas porque precisamos do apoio dessas pessoas, seja em casa como domestica, como baba, fazendo a limpeza em escritórios etc. A função pode ser inferior, mas não existem pessoas inferiores em termos de humanos, todos são iguais, como diz a lei.
  14. Uma pitada de brilho no olhar para não ofuscar o brilho de terceiros.
  15. Uma pitada de sorriso para não construir barreiras com o próximo.
  16. Uma pitada de controle no falar para julgar o próximo.
  17. Uma pitada de controle no ouvir para não aumentar o tamanho dos problemas.
  18. Uma pitada de controle nas mãos para não cometer violência.
  19. Uma pitada de controle nas pernas para não dar um passo maior do que elas.
  20. Uma pitada de carinho para não viver na solidão.
  21.  Uma pitada equilíbrio emocional para não destruir o seu castelo.

 Bom, espero que vocês misturem todos esses ingredientes dessa receita e transforme-os em um bolo do amor. Aquele bolinho, docinho que nos completam todos os dias, pois não vivemos sem carinho. Quer dizer até podemos viver, mas de uma maneira muito triste e a vida não é para a tristeza e sim para alegria.

Sobre somandoideia

Fernanda Lima, nasceu em 15 de dezembro de 1982, natural de Alagoas. Mora em Natal/RN. Formou-se em Secretariado Executivo na FAL (Faculdade de Alagoas), cursou inglês na FISK e cursos profissionalizantes na área de Rotinas Administrativas na Microlins. Atualmente estuda para concursos e desenvolve textos em diversos assuntos relacionados com o modo de vida cotidiana. Curti uma boa leitura, como revistas, jornais, etiqueta, política e adora livros de literatura estrangeira. Tem uma paixão por músicas sertanejas, mas também curti outras músicas como forró e MPB.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s